Live chat

Digivox

Área do Cliente 0800 724 8181
easy pabxip

EASY PABX

Conheça algumas características:

  • PABX 100% IP baseado em software (SIP Server)
  • Pode ser instalado em ambiente virtualizado (VMWare e HyperV)
  • Capacidade de um número ilimitado de ramais
  • Possui redundância ativo-standby, ativo-ativo e ativo/hot-standby garantindo alta disponibilidade
  • Entroncamentos E1 (ISDN, QSIG, MFC R2, SS7), analógicos e IP (SIP RFC 3261)
  • A solução atende a todos os requisitos de camada de serviços NGN (Next Generation Network) definidos pela ITU-T
  • Rotas de menor custo
  • Ramais IP e analógicos (DDR ou não)
  • Serviço chefe secretária
  • Serviço noturno
  • Suporte a criptografia na comunicação através de SRTP e TLS
  • Suporte a VLAN e QoS para controle da qualidade dacomunicação
  • Agenda interna centralizada de contatos
  • Suporte a provisionamento de telefones IP para autoconfiguração
  • Salas de conferência para até 100 participantes
  • Geração de bilhetes de CDR (call detail record)
Download Datasheet Solicitar Orçamento Treinamento Online

O EASY PABX (SIP Server) é um PABX 100% IP gerenciado através da interface WEB da Plataforma EASY. O PABX é baseado em software e pode ser instalado em qualquer servidor padrão de mercado.

O PABX é compatível com os seguintes protocolos de comunicação: SIP, H323, Skinny, MGCP, CAS/R2, ISDN, QSIG, SS7, entre outros.

A Plataforma EASY permite a criação de um cluster de servidores para atender a qualquer tipo de demanda de quantidade de ramais. O cluster proporciona uma grande escalabilidade e confiança para a solução, já que qualquer servidor defeituoso pode ser substituído sem nenhum impacto e pode-se adicionar um novo servidor ao cluster para ampliar a capacidade de processamento do PABX.

Características gerais

  • Compatível com rack padrão de 19’’;
  • Suporte para até 12 E1s em um único servidor;
  • Gabinetes com dimensões de 1U ou 2U, dependendo da configuração da central;
  • Gerenciamento centralizado de todos os recursos da plataforma de comunicação unificada;
  • Gerenciamento de multi-sites, permitindo o gerenciamento de múltiplas localidades;
  • Suporte a banco de dados com replicação multi-master
  • Todos os cadastros como por exemplo: ramais, facilidades, permissões de chamadas, tipos de chamadas, rotas de menor custo e todos os demais cadastros do sistema são salvos em banco de dados e controlados através de licenciamento. Esta arquitetura permite que não haja um limite na quantidade de cadastros, possibilitando que o sistema seja ampliado apenas através de alteração da licença instalada (as alterações dependem da validação da capacidade do hardware instalado para atender à demanda solicitada)
  • Acesso seguro através de controle de usuário e senha utilizando HTTP ou HTTPS;
  • Controle de acesso de usuários de acordo com o perfil;
  • Permite a criação de nome de usuários utilizando letras, números e caracteres com tamanho ilimitado;
  • Interface 100% web compatível com browsers de mercado;
  • Permite a configuração, gerenciamento, administração e monitoramento de todos os recursos através da interface gáfica web intuitiva e amigável;
  • Interface totalmente em Português do Brasil;
  • Permite a geração de backups de toda a plataforma via rede LAN;
  • Controle de acesso de usuários de acordo com o perfil;
  • Gerenciamento (criação, edição, exclusão) de perfis de acesso personalizados para todos os módulos da solução. A criação de perfil é totalmente flexível permitindo criar perfis com qualquer nível de acesso ao sistema (somente leitura, leitura para alguns módulos, edição para outros, criação para outros, exclusão para outros, etc.);
  • Perfis de acesso para todos os sites gerenciados ou para um ou mais sites específicos;
  • Política configurável de senhas para os usuários (tamanho mínimo da senha, quantidade de números, quantidade de caracteres especiais, quantidade de letras maiúsculas), aumentando a segurança de acesso ao sistema;
  • Solução 100% IP baseada em software;
  • O SIP Server é o core da plataforma EASY e é responsável por todo o controle das chamadas, roteamento, controle de admissão de chamadas (CAC), integração com Gateways remotos (SIP), facilidades de telefonia, registro de endpoints ou gateways, autorização de chamadas e todas as função de controle SIP;
  • Todos os recursos da plataforma são configurados através da interface Web de gerenciamento;
  • Permite a criação de usuários e perfis personalizados através da interface Web;
  • Sistema multi-tenant;
  • Possui suporte total a integração com LDAP e Active Directory. Toda a configuração de integração é feita através de área específica na interface Web;
  • A integração com o LDAP e AD é feita utilizando conexões com e sem segurança (SSL);
  • Permite adicionar usuários em lote a partir do servidor LDAP e AD;
  • Permite a integração com múltiplos servidores LDAP ou AD;
  • A integração com a base LDAP e AD permite fazer a importação do diretório completo para gerar a agenda dos telefones e a agenda interna da solução. A importação pode trazer os dados de login, nome, sobrenome, ramal, telefone, e-mail, setor, localidade. Para a agenda do telefone são utilizados os campos de nome, sobrenome, ramal e telefone;
  • Permite a configuração da periodicidade de sincronismo com a base LDAP/AD;
  • Suporta a utilização de aparelhos telefônicos de qualquer fabricante padrão SIP (RFC 3261) ou Softphones;
  • Interfaces E1s compatíveis com os protocolos R2 digital, ISDN e SS7, com e sem  cancelamento de eco por hardware;
  • Configuração de placas E1 através da interface WEB;
  • Fonte redundante automática BIVOLT 100V~240V (opcional);
  • Compatível com o protocolo SIP RFC 3261 (B2BUA);
  • Suporte a SIP Proxy (Stateful), SIP Registrar, SIP Redirect;
  • Compatível com qualquer equipamento que utilize o protocolo SIP;
  • Suporte a comunicação peer to peer, sem que a mídia passe pelo servidor de voz para chamadas com RTP e com SRTP;
  • O bypass (mídia ponto a ponto) da chamada é configurável através de dialplan, podendo ser alterado para determinados ramais ou determinadas chamadas;
  • Compatível com os codecs G711a, G711u, GSM, iLBC, G.722 (G.722.1C), G729 e G729AB;
  • Compatível com os codecs de vídeo H.261, H.263, H.263p, H.264, H.265 e MPEG;
  • Possui suporte a transcoding dos codecs suportados;
  • Possui suporte a codec late negotiation;
  • Seleção automática de codecs de acordo com vários parâmetros (chamada através da WAN, chamada local, site, usuário e endereçamento de rede);
  • Suporte a chamadas de vídeo via SIP, incluindo vídeo conferências;
  • Compatível com diversas MCU de vídeo conferência do mercado, possibilitando realização de vídeo conferência (multi-ponto) utilizando MCU externa via SIP;
  • Suporte a QoS IEEE 802.1p, DiffeServ e Type of Service;
  • Suporte a VLAN, para utilização de redes de voz e dados separadas;
  • Suporte a tráfego VoIP através de redes WAN usando as mais variáveis tecnologias (Internet, Frame Relay, MPLS, Wireless, etc);
  • Permite a identificação do número de quem está ligando, número de A;
  • Suporte nativo a SRTP com algorítmo AES-128 para encriptação de mídia  com chaves simétricas, dinâmicas e únicas por sessão;
  • Suporte nativo a TLS para criptografia da sinalização SIP;
  • Suporte a IPSec;
  • Suporte a geração de certificados auto-assinado;
  • Possui suporte a certifica X.509, assinados ou não por CA externas;
  • Possui suporte ao modelo de chaves PKI (Public Key Infrastructure);
  • Suporte a criptografia em entroncamentos SIP;
  • Possui suporte a Early Offer e a Delay Offer;
  • Possui suporte a 3PCC (third party call control);
  • Suporte a desconexão automática de sessões por tempo de inatividade ou por tempo pré-definido;
  • Criptografia nativa na transferência de chamadas de um PABX de uma localidade para outro PABX em outra localidade;
  • Suporte a solução de redundância e failover, utilizando um segundo servidor para assumir as atividades em caso de queda do primeiro;
  • Montagem em cluster para soluções de grande porte, permitindo um número ilimitado de ramais IP, operando no modo ativo-ativo e ativo/hot-standby, distribuindo a autenticação dos ramais entre os diversos servidores do cluster, inclusive servidores em localidades diferentes;
  • Os clusters são replicados automaticamente entre as localidades, permitindo que o usuário utilize qualquer uma das localidades para logar e utilizar os recursos de forma transparente;
  • Os clusters são montados usando dois ou mais servidores e possibilitam a redundância local e/ou geográfica de servidores. Em caso de parada de um dos servidores os demais assumem todas as funções de forma transparente sem interrupção das chamadas ativas;
  • A solução atende a um índice de disponibilidade de 99,999%. Esta disponibilidade é alcançada através dos recursos de redundância de software da Plataforma EASY e dos hardwares ofertados para a solução;
  • Solução de DNS-SRV para suporte automático de fail-over em caso de queda do servidor aonde o endpoint está autenticado (necessário que o endpoint SIP possua suporte ao DNS-SRV);
  • Permite o registro simultâneo dos ramais nos servidores primário e secundário;
  • Permite a agregação de interfaces de rede, garantindo redundância física de portas de rede;
  • Permite a criação de ramais com 4, 5 ou qualquer quantidade de dígitos, mesmo que os ramais se encontrem autenticados em servidores diferentes ou clusters diferentes;
  • Gerenciamento através de interface Web com diferentes níveis de permissão de acesso;
  • Plano de numeração totalmente flexível, podendo ser fechado ou aberto, dependendo da necessidade dos usuários;
  • Possui plano de discagem/roteamento totalmente flexível com suporte a liguagens de programação (Lua, PHP, Java, Perl, Python, etc) para manipulação das chamadas. Através de comandos do plano de discagem ou script criado usando uma das liguagens compatíveis, é possível realizar qualquer tipo de manipulação com a chamada (remove/adicionar SIP HEADER, tocar áudio, coletar dígitos, transferir chamada, gravar chamada, tomar ações baseado em consultas realizadas em bases de dados, etc);
  • Permite a normalização de cabeçalhos SIP, servindo como serviço de integração entre dispositivos que possuam cabeçalho SIP com padrões diferentes que impedem a comunicação entre eles. A manipulação do cabeçalho pode ser feito em qualquer campo do cabeçalho;
  • Plano de discagem centralizado;
  • Definição de ramais com 1, 2, 3, 4, 5 ou até 12 dígitos. Os ramais podem estar no mesmo servidor ou em servidores diferentes;
  • Configuração de troncos sem necessidade de parar o serviço, com suporte a centralizar todos os entroncamentos SIP;
  • Definição de ramais com qualquer quantidade de dígitos, incluindo facilidades de apenas um dígito;
  • DDR (Discagem Direto à ramal);
  • Permite a associação de um ou mais ramais (DDR ou não) a um usuário;
  • Possui suporte a serviços para mesa de telefonista (Web ou através de ramais compatíveis com esse serviço);
  • Retenção de chamadas internas e externas;
  • Configuração de ramais através da interface WEB sem necessidade de alteração física em distribuidor geral, nos casos de ramais analógicos e sem necessidade de parar o serviço nem interferência nas chamadas em curso;
  • Distribuição automática de chamadas (DAC) para grupo de agentes;
  • Chamada em grupo. Utilizado para realizar chamadas para mais de um ramal simultâneamente. A chamada pode também ser realizada para números fixo, celular ou DDD;
  • Agenda interna centralizada de contatos com possibilidade de integração com diretório corporativo (LDAP ou AD);
  • A agenda interna é utilizada pela Plataforma para adicionar o nome de quem está ligando ao CallerID, possibilitando que apareça no visor dos telefones o nome do chamador;
  • A agenda centralizada permite o cadastramente de números comuns a todos os usuários e também números em agenda individual de cada usuário com suporte a speed dial usando 1 ou 2 dígitos (suporta 10 speed dial com 1 dígito 99 com dois dígitos);
  • A agenda possui o campo de nome, telefone, ramal, local, endereço, entre outros campos personalizáveis;
  • Salas de conferência com suporte para até 100 participantes, dependendo da configuração do hardware e das licenças contratadas;
  • Suporte a interligação com outros equipamentos IP e operadoras IP através de entroncamentos SIP (SIP Trunking);
  • Possui suporte a integração com SBC e também possui modo SBC de funcionamento, transformando o PABX/SIP Server em um SBC;
  • Possui suporte a SNMPv1, v2 e v3;
  • Os bilhetes de chamadas CDR (call detail record) são gerados para todo tipo de chamada e são salvos em arquivo CSV e em banco de dados, podendo ser consultados através da interface Web da Plataforma EASY ou exportado para CSV ou XLS (clique aqui para baixar documento com detalhes sobre os bilhetes);
  • O acesso aos bilhetes pode ser realizado via FTP, HTTP, HTTPS, SFTP ou conectando diretamente ao banco de dados através de ODBC;
  • Os bilhetes possuem as seguintes informações: data/hora de início da chamada, data/hora de atendimento da chamada, data/hora do fim da chamada, origem, destino, tempo de chamada (fim – início da chamada), tempo de bilhetagem (fim – atendimento da chamada), canal de origem, canal de destino, identificação do usuário que originou a chamada, entre outras informações;
  • Possui configuração para gerar arquivos de bilhete para tarifadores. A geração dos arquivos pode ser configurada por tempo ou quantidade de bilhetes e o nome do arquivo gerado é personalizado podendo conter a data e a hora da geração;
  • Os arquivos de bilhete podem ser gerados localmente no servidor para que o tarifador se conecte ao servidor e baixe o arquivo ou a Plataforma pode enviar o arquivo através de FTP, SMB ou SFTP para um coletador;
  • O sistema possui interface web para que o próprio usuário realize as configurações do seu ramal, ativação/desativação do voicemail, ouvir mensagens do voicemail, consultar o CDR das suas chamadas, configurar teclas de discagem rápida e outras teclas do telefone, ativar/desativar desvios, habilitar/desabilitar o não pertube, cadeado eletrônico, entre outros recursos;
  •  Suporte a correio de voz para todos os ramais (depende do tipo de licença contratada) – EASY VoiceMail;
  • Possui a facilidade de identificação do número do originador da chamada (ANI). O ANI será automaticamente exibido no visor dos aparelhos telefônicos. Caso o número esteja cadastrado na agenda interna o nome que está na agenda é automaticamente inserido e será exibido a informação de nome e número no visor dos telefones que possuem suporte a esta funcionalidade;
  •  Suporte a ramais analógicos para máquinas de fax comum;
  •  Suporte a fax usando high speed usando g.711;
  •  Suporte a fax usando T.38;
  •  Suporte a envio e recebimento de fax internamente, sem a necessidade de aparelhos de fax externos (depende do tipo de licença contratada)  EASY FAX;
  •  Suporte a tarifação e bilhetagem (depende do tipo de licença contratada) – EASY AUDIT;
  •  Permite a utilização como servidor de mídia (música de espera, reprodução de anúncios e tons, detecção de tons DTMF). A utilização do SIP Server como Media Server, preserva todas as demais características e funcionalidades do sistema, incluindo criptografia de mídia e sinalização, plano de discagem flexível, conferências, etc;
  •  Suporte a múltiplas músicas de espera em Wav ou MP3 ou OGG (não há limite na quantidade de músicas de espera e na duração);
  •  Suporte a envio de música de espera usando protocolo Multicast;
  •  Suporte a música de espera instaladas em gateways nas localidades remotas, fazendo com que a música de espera seja tocada localmente do gateway para o telefone;
  •  Suporte a anúncios com áudios personalizados programados por horário;
  •  Suporte a mais de um fuso horário;
  •  Suporte a atualização automática baseado no horário de verão;
  •  Os anúncios podem ser integrados ou associados a qualquer outro recurso do PABX;
  •  Possui URA interna para o atendimento automatizado de chamadas, incuindo suporte a VXML opcional (depende do tipo de licença contratada)  EASY URA;
  •  Suporta implementação de TTS (Text to Speech) e ASR (Automatic Speech Recognition) opcional (depende do tipo de licença contratada)  EASY URA;
  •  Backup automático de configurações para ser utilizado em caso de necessidade de recuperação da central;
  •  Suporte a Unified Communication;
  •  Compatível com XMPP (Extensible Messaging and Presence Protocol);
  •  Integração da central com servidores de IM compatível com o protocolo Jabber (incluindo Google Talk);
  •  Roteamento de chamadas baseado no status do usuário do telefone no Chat.

 

Recursos de ramais

  • DDR (Discagem Direto à Ramal), com suporte a múltiplas linhas por ramal;
  • Permite o bloqueio de DDR para ramais específicos;
  • Todos os ramais atenticados na solução, independente do dispositivo podem, por padrão, realizar chamadas entre si;
  • Permite alternar, durante uma chamada, entre áudio e vídeo de forma transparente, sem que haja queda na chamada ou perda de qualidade;
  • Permite chamadas de vídeo, desde que o endpoint suporte vídeo;
  • Todos os recursos de ramais disponíveis na solução são compatíveis também com ramais analógicos instalados em gateways SIP com portas FXS;
  • Compatível com qualquer endpoint SIP que siga a RFC 3261 (chamadas de áudio e vídeo, call waiting, conferência, transferência cega e assistida, MWI, entre outras funcionalidades);
  • Todas as facilidades dos ramais podem ser configuradas localmente ou remotamente;
  • Suporte a transferências com e sem consulta (cega e assistida);
  • Transferência de chamadas de entrada e de saída no mesmo PABX ou outros PABX ligados a rede;
  • Transferência de chamadas para números externos, dependendo da categoria do ramal;
  • Transferência com e sem consulta no mesmo PABX ou outros PABX ligados a rede;
  • Transferência para grupos de ramais no mesmo PABX ou outros PABX ligados a rede;
  • Transferência para grupos de ramais, URA, Fax ou qualquer outro recurso da solução;
  • Configuração individual de ramal realizada através da interface Web;
  • Permite o registro simultâneo do mesmo ramal em mais de um dispositivo. A quantidade de registros simultâneos é controlado através do licenciamento;
  • Todos os ramais SIP da solução utilizam usuário e senha para autenticação. As senhas são geradas automaticamente pelo sistema e possuem uma política de segurança. O sistema permite a criação de ramais em lote (sequencialmente) ou através de importação de arquivos e também permite que o administrador altere as senhas a qualquer momento;
  • Consulta de chamadas externas, de entrada, saídas e internas através do ramal ou da interface Web;
  • Desvio de chamadas incondicional, em caso de ocupado, não atendimento e não autenticado, podendo ser imediata ou temporizada. O desvio pode ser feito para outros ramais, para filas de atendimento, correio de voz, URA, FAX ou qualquer outro recurso de qualquer módulo da solução;
  • O desvio de chamadas pode ser configurado individualmente para cada ramal com desvio para números diferentes baseado no horário, dia da semana, tipo de chamada (interna ou externa) e condição (não atende, incondicional, ocupado, não pertube, todos);
  • Gravação de chamadas (depende do tipo de licença contratada)  EASY RECORD;
  • Permite a criação de grupos de captura de ramais, permitindo aos administradores configurarem os grupos conforme a necessidade;
  • Captura de chamadas individual ou por grupos configuráveis;
  • Suporte a indicação visual no display do telefone sobre qual número está ligando para o ramal do grupo de captura, facilitando a identificação do chamador e do grupo antes da captura da chamada;
  • Redirecionamento de chamada automática em caso de ocupado, ausente e em caso de não atendimento. O redirecionamento poderá ser feito para ramal ou qualquer outra facilidade da solução;
  • Re-chamada automática em caso de ocupado e em caso de não atendimento;
  • Encaminhamento automático da chamada para outro ramal, número externo ou voicemail, em caso de não atendimento, ocupado ou ausente. No caso de não atendimento o encaminhamento é realizado após um número de toques configurado;
  • O sistema permite criar uma quantidade ilimitada de categoria de ramais;
  • Possui suporte a call-back automático de chamadas;
  • Distinct ring”: Toques diferenciados para ligações internas e externas;
  • Permite a criação de “hot line/warm line”, onde o telefone realiza uma ligação ao ser tirado do gancho, sem necessidade de digitar nenhum número. A ligação poderá ser realizada no momento que o telefone for tirado do gancho ou após um tempo pré-determinado;
  • Serviço noturno. O serviço noturno pode ser ativado de forma automática ou manual;
  • O recurso de serviço noturno pode ser direcionado para um ramal, para anúncios configurados no PABX ou para qualquer outro recurso disponível na solução;
  • Estacionamento de chamadas;
  • Chamada em espera (a quantidade de chamadas em espera vai depender apenas da capacidade do endpoint SIP), com suporte a sinalização visual e acústica;
  • Escuta silenciosa de chamadas;
  • Intercalação de chamadas;
  • Interligação automática entre ramais;
  • Grupo de busca de ramais, podendo ou não o número do grupo pertencer a faixa DDR;
  • Os ramais pertencentes aos grupos de busca podem receber chamadas diretamente, ou que foram encaminhadas pelo próprio grupo;
  • Permite a criação de grupos de ramais com até 200 ramais. O tipo de toque dos ramais no grupo é configurável, podendo tocar todos ao mesmo tempo, cíclico, aleatório, sequencial, entre outras configurações;
  • Recurso de chefe secretária. O recurso de chefe secretária permite que exista mais de uma secretária por chefe e mais de um chefe por secretária, permitindo que todas consigam transferir chamadas para o ramal do chefe, além de permitir o cadastro de ramais que poderão discar diretamente para o telefone do chefe. Não existe limite na quantidade de chefes e secretárias por grupo;
  • Chefe-secretária: Permite que os chefes e as secretárias acessem um ao outro diretamente, inclusive com configuração de linhas exclusivas de consulta entre chefes e secretárias;
  • Chefe-secretária: Configuração de linha privada do chefe, não compartilhada com a secretária;
  • Chefe-secretária: Permite que a configuração seja ativada em qualquer ramal, DDR ou linha da solução e permite definição de linha principal e secundária;
  • Chefe-secretária: Suporte a painel Web (EASY PANEL) para monitoramento dos ramais do grupo, incluindo suporte a BLF para ser usado em endpoints com suporte a este recurso;
  • Cadeado eletrônico para bloqueio/desbloqueio do ramal para realização de chamadas. O bloqueio pode ser realizado através de senha pessoal ou pode ser programado por períodos através da interface Web;
  • Não pertube;
  • Os ramais que possuem conta SIP autenticada em mais de um dispositivo, poderá fazer e receber chamadas nos múltiplos dispositivos usando o mesmo número do ramal;
  • Possui suporte a integração com dispositivos mobile iOS e Android;
  • Os ramais que possuem conta SIP autenticado em dispositivos mobile podem ser configurados para tocar nos dispositivos mobile somente em dias e horários específicos. A configuração é feita através da interface web pelo administrador ou pelo próprio usuário. Através da interface é possível configurar o número do celular do usuário para criação de transbordo e para integração com o aparelho mobile;
  • O dispositivo mobile pode ser configurado para ser uma extensão do ramal, podendo comutar a chamada do ramal para o softphone e do softphone para o ramal sem interrupção da chamada;
  • Possui configuração para toque simultâneo da chamada no dispositivo mobile e no ramal do usuário. O usuário pode atender a chamada em qualquer um;
  • Voicemail (utiliza o módulo EASY VOICEMAIL);
  • Sigame para ramais internos ou números externos dependendo do perfil do ramal;
  • Sigame agendado por dia da semana;
  • O siga-me pode ser habilita/desabilitado através da interface Web do sistema ou através do teclado do telefone;
  • Conferência;
  • Discagem abreviada individual;
  • Serviço de chamada para telefonista;
  • Suporta a configuração de black list para números indesejados por ramal;
  • Rediscagem automática em caso de ocupado;
  • Ramais com suporte a qualquer quantidade de dígitos;
  • Configuração das permissões individuais de cada ramal ou usuário para chamadas de entrada e de saída, podendo restringir quais os tipos de chamada, que cada ramal poderá realizar ou receber. Também é possível bloquear ligações entre ramais de modo seletivo , aplicar filtros de blacklist e whitelist, etc;
  • Criação de senhas pessoais (com até 10 dígitos) com permissões de chamadas específicas, possibilitando aos usuários realizar chamadas a partir de qualquer ramal do PABX utilizando a sua senha;
  • Os aparelhos IPs são configurados para não armazenar as senhas nem exibi-las durante digitação;
  • O código pessoal pode ser gerado e alterado pelo usuário;
  • Suporte a hot desking, possibilitando que os usuários utilizem sua senha pessoal para provisionar um telefone com todas as características do seu ramal pessoal, incluindo teclas personalizadas, agenda telefônica e demais recursos do ramal. Opcionalmente, através de parâmetro configuração, o sistema pode autorizar a discagem a partir desse ramal sem a solicitação de senha. O ramal que o hot desking é ativado passa a funcionar como se fosse o ramal original do usuário. O bilhete gerado também é associado ao usuário da senha. Este recurso também é conhecido como free seating;
  • Rediscagem do último número discado ou do último número recebido através de facilidade, independente se o telefone possui tecla de rediscagem ou não;
  • Bloqueio seletivo de chamadas a cobrar, permitindo definir quais ramais estão autorizados a receber chamadas a cobrar;
  •  Bloqueio de chamadas por prefixo ou por originador;
  •  Controle de blacklist para cadastrar números indesejáveis e whitelist para cadastro de números que conseguirão chamar o ramal mesmo em caso de não pertube ativado;
  •  Seleção automática de rota de menor custo baseado em horário e dia da semana, incluindo consulta à base de portabilidade numérica (depende do tipo de licença contratada)  EASY Audit;
  • Provisionamento automático de telefones IPs compatível com os principais fabricantes do mercado (Yealink, Polycom, Audiocodes, Grandstream, Cisco, entre outros);
  • Plataforma testada e homologada para funcionar com os principais fabricantes de telefones IP do mercado (Yealink, Polycom, Audiocodes, Grandstream, Cisco, entre outros);
  • O cadastro e configuração dos telefones IP é feito através da interface Web, permitindo ao usuário configurar todas as teclas do telefone através da interface.

Rotas de menor custo e roteamento de chamadas

  • Criação de rotas de menor custo baseadas em horários, dias da semana, origem, destino, entre outras regras;
  • Seleção automática de rota de menor custo baseado no número discado, com suporte a definição de operadora preferencial por rota, independente do código de operadora usado pelo usuário;
  • Integração com a base de portabilidade para rotear a chamada de acordo com a operadora de celular (depende do tipo de licença contratada);
  • Permite a inserção e remoção de dígitos;
  • Permite a definição de prioridade de rotas;
  • Permite a criação de códigos de acesso para seleção de rotas de saída. Os códigos de acesso podem ser de 1 ou mais dígitos, incluindo * e #;
  • Permite a programação de troncos (TDM, SIP ou outro protocolo suportado pela Plataforma) em rotas diferenciadas, com suporte a transbordo e rotas alternativas, sem que haja perda de facilidades/funcionalidades da plataforma;
  • Permite programação de roteamento inteligente da chamada, roteando pela rede IP chamadas que o usuário discou número completo;
  • Possui suporte ao padrão E.164 do ITU-T;
  • Mudanças de rotas de entrada e saída em tempo real, permitindo mudar o tratamento das chamadas;
  • Possui suporte a SIP URI;
  • Compatível com o plano de numeração telefônico brasileiro, permitindo atualizações para se adequar a novas regras;
  • Em caso de indisponibilidade, congestionamento ou qualquer problema em uma rota de entrada ou de saída, seja ela PSTN ou SIP, o sistema permite a configuração de uma ou mais rotas alternativas como redundância, possibilitando o transbordo automático entre as rotas;
  • Permite a configuração de rotas de acessíveis por meio de códigos distintos;
  • As rotas podem ser alteradas em tempo real sem impactar no funcionamento geral dos módulos da solução. As rotas e regras de roteamento são aplicadas sem nenhum tipo de parada ou interrupções no sistemas;
  • Permite o bloqueio automático de ligações e de serviços especiais (auxílio a lista, 0300, 0500, entre outros);
  • Possui suporte a ENUM;
  • Permite a definição de permissão de acesso às rotas por horário, dia da semana, dia do mês e por usuário;
  • Rotas de menor custo transparentes para os usuários, independente da operadora digitada pelo usuário;
  • Criação de rotas SIP com parâmetros de qualidade configuraráveis. Os entroncamentos SIP podem ser configurados para serem monitorados. Dessa forma é possível configurar os limites de banda e quantidade de chamadas que o tronco pode trafegar. Ao atingir o limite o sistema permite que seja configurada uma rota alternativa para o completamento da chamada;
  • Monitoramento em tempo real da ocupação, fluxo e utilização dos troncos/rotas através de gráficos;
  • Possui suporte a geração de alertas de acordo com os limites de ocupação dos troncos;
  • Permite a integração com qualquer gateway SIP de mercado;
  • Roteamento flexível de chamadas de entrada e saída, permitindo transbordo, balanceamento e transferência entre sites;
  • Agrupamento de rotas para criar as categorias de ramal de forma flexível e ilimitado;
  • Permite alteração dinâmica de categoria de ramal baseado em horário;
  • Permite a integração com qualquer gateway SIP de mercado;
  • Roteamento flexível de chamadas de entrada e saída, permitindo transbordo, balanceamento e transferência entre sites.

Características de administração e gerência

  • Gerenciamento/provisionamento centralizado através de interface WEB (esta característica se aplica a todos os módulos da solução);
  • Gerenciamento centralizado de configurações de Gateways Audiocodes (FXS, FXO, E1 e demais equipamentos);
  • Gerenciamento centralizado de configurações de telefones IPs homologados (Yealink, Polycom, Grandstream, Cisco, entre outros);
  • A interface web permite a configuração de todas as funcionalidades da solução de forma centralizada;
  • Permite administração através de qualquer interface de rede;
  • Gerenciamento multi-site, permitindo a criação de múltiplos PABX virtuais dentro da plataforma e independentes. Cada PABX criado possui seu próprio plano de numeração, usuários, ramais, rotas e etc;
  • Cada PABX virtual criado possui os seus próprios níveis de permissão, permitindo ao administrador habilitar/desabilitar todo e qualquer módulo da solução dentro do PABX virtual, definir quantidades, definir cota de espaço de armazenamento;
  • Dashboard individual para cada usuário personalizar as características do seu ramal como Contatos, Facilidades favoritas, botões do telefone, habilitar/desabilitar não pertube, habilitar/desabilitar siga-me, acesso aos Voicemails, consulta de chamadas recebidas e realizadas, habilitar e controlar softphone, entre outras funcionalidades;
  •  Suporta monitoramento via SNMP;
  •  Integração com Active Directory para importação de usuários do sistema;
  •  Compatível com LDAPv3
  •  Controle de usuários com vários perfis de acesso;
  •  Criação de perfis de acesso personalizados;
  •  Possui suporte a anti-virus para proteção contra trojans, worms, vírus e demais ameaças;
  •  Suporte a bloqueio automático após uma certa quantidade de falha de registros SIP ou logins no sistema;
  •  Possui firewall interno com suporte a proteção contra ataques DoS, DDoS, entre outros;
  •  Possui logs e informações relacionados à segurança do sistema;
  •  Log de acessos, sessões, comandos, atividades e modificações para auditoria futura;
  •  Os logs de auditoria são salvos em banco de dados e em arquivos de log;
  •  Acesso à interface WEB via HTTP ou HTTPS.

Placas de telefonia

Caso a solução não utilize Gateways TDM/SIP, a Plataforma permite a instalação de placas E1 diretamento nos servidores de PABX.

  •  Placas Homologadas pela ANATEL;
  •  Placas com 1, 2, 4, 8 ou 16 portas T1/E1 com interfaces PCI ou PCIexpress;
  •  PCI bus autosense de 5 V e 3.3 V;
  •  Suporte a hotplug / hotswap (somente nos modelos PCIE);
  • Line decoding: HDB3, AMI, B8ZS;
  • Framing: CRC4, Non CRC4, ESF, SF, D4T1/E1;
  •  Suporta os protocolos R2 CAS, ISDN PRI, SS7, QSIG, entre outros;
  • Placas com suporte a cancelamento de eco G.1682002 opcional;
  • Reconhecimento de DTMF via hardware opcional;
  • Temperatura ideal de funcionamento: 0~50°C;
  •  Humidade ideal para operação: 0% ~ 93%.

Gateways externos

A integração do PABX com canais E1, linhas analógicas e ramais analógicos pode ser realizado através de gateways externos que se comunicam com o PABX utilizando o protocolo SIP.

A utilização de Gateways externos possibilita a expansão sem a necessidade de parada na solução, tornando a solução bastante escalável e flexível.

A comunicação com os gateways se dá através do protocolo SIP, o que possibilita que a integração aconteça de forma transparente e que todas as funcionalidades/facilidades da solução sejam mantidas, incluindo comunicação peer to peer e criptografia usando TLS e SRTP.

A plataforma EASY possui diversos modelos de gateways de vários fabricantes homologados para funcionar de forma transparente com a plataforma.  A Plataforma é compatível com qualquer gateway de mercado com suporte ao protocolo SIP.

Salas de conferência

A Plataforma EASY possui uma solução completa de salas de conferência com suporte a conferências com e sem senha. A Digivox realiza testes periódicos em laboratório para validar o hardware necessário para o funcionamento da solução. A solução de sala de conferência pode funcionar em conjunto com os demais módulos ou ser instalada em um servidor dedicado para função de servidor de áudio conferência. Clique aqui para baixar o documento com vários cenários de testes realizados em laboratório.

Principais características:

  • Conferências com até 100 participantes;
  • Possui suporte a transcoding de codecs, permitindo que diferentes endpoints utilizem diferentes codecs;
  • Suporte a um número ilimitado de salas de conferência, com até 100 participantes, dependendo das licenças contratadas e da infra-estrutura de hardware instalada para processamento das chamadas;
  • Permite a instalação em um servidor dedicado para salas de conferência ou operar no mesmo servidor do PABX IP;
  • Suporte a conferências utilizando TLS e SRTP, sem alteração na qualidade do áudio;
  • Salas de conferência com e sem senha;
  • Suporte a gravação de nome do participante para anúncio ao entrar na conferência;
  • Informa o número de participantes na conferência;
  • Interface web para o controle, gerenciamento e monitoramento das salas de conferência;
  • A interface web permite ao administrador convidar novos participantes, remover um participante da sala de conferência, habilitar/desabilitar a gravação, transferir a administração para outro usuário, ativar/desativar mudo em um ou mais participantes, finalizar a conferência, entre outros recursos;
  • Suporte a alerta sonoro (bip) durante a áudio conferência para indicar aos participantes que a chamada é uma conferência;
  • O sistema de conferência, permite que sejam realizadas conferências via web com suporte a chat (mensagens para o grupo ou individual entre os usuários), visualização de apresentações e compartilhamento de links;
  • Suporte a gravação das áudio conferências;
  • Integração com o modulo EASY RECORD para gravação de áudio conferências caso um dos ramais esteja com a gravação habilitada;
  • Sistema permite salas de conferência ad-hoc;
  • Possui integração com serviço de agendamento para agendamento de áudios conferência com periodicidade configurável, com recurso para envio de convite para os participantes;
  • Possui a facilidade de discagem automática para os participantes, com o objetivo de incluí-los na áudio conferência automaticamente. A chamada ao ser atendida é tocado uma mensagem configurável informando que trata-se de uma áudio conferência agendada;
  • Suporte a um número ilimitado de salas de conferência, com até 50 participantes, dependendo das licenças contratadas e da infra-estrutura de hardware instalada para processamento das chamadas.

 Sobrevivência local

O modulo de sobrevivência local é utilizado nas soluções de grande porte que utilizam uma estrutura centralizada de autenticação e roteamento.

Neste tipo de solução, a Plataforma EASY possui um módulo de sobrevivência local que é instalado em um servidor ou gateway dedicado para esta funcionalidade. O modulo de sobrevivência local entrará em operação de forma transparente em caso de parade do core central ou de perca de conectividade com o core.

Ao ser ativado, o Sistema continua operando com todas as características e funcionalidades originais do core central (depende de licenciamento específico), incluindo discagem por senha, controle e roteamento de chamadas, criptografia de sinalização e mídia (TLS e SRTP), músicas de espera, integrações, geração de bilhetes CDR, hot desking (free seating), conectividade com a PSTN local e demais funcionalidades dos módulos licenciados no core da Plataforma EASY.

A sobrevivência local da Plataforma é homologada para funcionamento em Gateways Audiocodes, preservando funcionalidades básicas da solução. O módulo de sobrevivência em Gateways Audiocodes funciona usando o módulo OSN do gateway e pode suportar sobrevivência para locais com até 3.000 usuários. Localidades com uma quantidade maior de usuários, será necessário adicionar um servidor para sobrevivência local.

Todas as informações processadas pelo sistema durante o periodo de sobrevivência, são armazenadas em um banco de dados local que é sincronizado com o core central assim que a comunicação é re-estabelecida. Essa sincronização acontece de forma transparente para os usuários e pode ser monitorada através de logs e informações disponíveis na interface web do sistema.

RFCs e padrões

  • RFC 0791 – IP – Internet Protocol;
  • RFC 0792 – ICMP – Internet Control Message Protocol;
  • RFC 0793 – TCP – Transmission Control Protocol;
  • RFC 1213: MIB-II, e/ou suporte SNMP v1/v2/v3;
  • RFC 1442: Structure of Management Information for Version 2 of the Simple Network Management Protocol (SNMPv2), e/ou suporte SNMP v1/v2/v3;
  • RFC 1889: RTP: A Transport Protocol for Real-Time Applications;
  • RFC 2131: Dynamic Host Configuration Protocol
  • RFC 2246: The TLS Protocol;
  • RFC 2327: Session Description Protocol(SDP);
  • RFC 2396: Uniform Resource Identifiers (URI): Generic Syntax;
  • RFC 2474: Definition of the Differentiated Services Field (DS Field) in the IPv4 and IPv6 Headers;
  • RFC 2475: An Architecture for Differentiated Services;
  • RFC 2543 – SIP – Session Initiation Protocol;
  • RFC 2597: Assured Forwarding PHB Group;
  • RFC 2616 – Hypertext Transfer Protocol HTTP/1.1;
  • RFC 2617 – HTTP Authentication: Basic and Digest Access Authentication;
  • RFC 2705: Media Gateway Control Protocol (MGCP);
  • RFC 2806: URLs for Telephone Calls;
  • RFC 2833: RTP Payload for DTMF Digits,Telephony Tones and Telephony Signals;
  • RFC 2976: SIP INFO Method;
  • RFC 3047: RTP Payload Format for ITU-T Recommendation G.722.1;
  • RFC 3204: MIME Type for ISUP and QSIG;
  • RFC 3260: New Terminology and Clarifications for Diffserv;
  • RFC 3261: SIP: Session Initiation Protocol;
  • RFC 3262: Reliability of Provisional Responses in SIP;
  • RFC 3263: Session Initiation Protocol (SIP): Locating SIP Servers;
  • RFC 3264: SDP Offer/Answer Model;
  • RFC 3265: SIP-specific Event Notification;
  • RFC 3267: Real-Time Transport Protocol (RTP) Payload Format and File Storage Format for the Adaptive Multi-Rate (AMR) and Adaptive Multi-Rate Wideband (AMR-WB) Audio Codecs;
  • RFC 3288: Using the Simple Object Access Protocol (SOAP) in Blocks Extensible Exchange Protocol (BEEP);
  • RFC 3311: SIP UPDATE Method;
  • RFC 3323: SIP Privacy Mechanism;
  • RFC 3428 – IM – Instant Messaging;
  • RFC 3513: Internet Protocol Version 6 (IPv6) Addressing Architecture;
  • RFC 3515: SIP REFER Method;
  • RFC 3551 – RTP Profile for Audio and Video Conferences with Minimal Control;
  • RFC 3605: Real Time Control Protocol (RTCP) attribute in Session Description Protocol(SDP);
  • RFC 3711: The Secure Real-time Transport Protocol (SRTP);
  • RFC 3725: SIP Third Party Call Control;
  • RFC 3841: Caller Preferences for the Session Initiation Protocol (SIP).;
  • RFC 3842: SIP Message Waiting;
  • RFC 3856 : A Presence Event Package for the Session Initiation Protocol (SIP);
  • RFC 3891 – Session Initiation Protocol (SIP) “Replaces” Header;
  • RFC 3892: The Session Initiation Protocol (SIP) Referred-By Mechanism;
  • RFC 3959: The Early Session Disposition Type for the Session Initiation Protocol (SIP);
  • RFC 3960: Early Media and Ringing Tone Generation in the Session Initiation Protocol(SIP);
  • RFC 3966 – The tel URI for Telephone Numbers;
  • RFC 4028: Session Timers in SIP;
  • RFC 4083: IP Multimedia Subsystem;
  • RFC 4235: An INVITE-Initiated Dialog Event Package for the Session Initiation Protocol (SIP);
  • RFC 4244 – Request History Information;
  • RFC 4510 – Lightweight Directory Access Protocol (LDAP);
  • RFC 4566: Session Description Protocol ;
  • RFC 4568: Session Description Protocol (SDP) Security Descriptions for Media Streams ou através do SDES (Session Description Protocol Security Descriptions for Media Streams);
  • RFC 4575: A Session Initiation Protocol (SIP) Event Package for Conference State;
  • RFC 4579: Session Initiation Protocol (SIP) Call Control – Conferencing for User Agents;
  • RFC 4497 – Interworking between the Session Initiation Protocol (SIP) and QSIG;
  • RFC 4568: Session Description Protocol (SDP) Security Descriptions for Media Streams;
  • RFC 4694: Number Portability Parameters for the “tel” URI;
  • RFC 4733: Telephone Events (DTMF);
  • RFC 5626. Managing Client Initiated Connections in the Session;
  • RFC 5853 SBC (Session Border Controller) for Enterprise.

Entre outras RFCs e padrões que são implementados na Plataforma a cada lançamento de novas versões.

Servidor de presença, colaboração e comunicação unificada

O modulo EASY PABX possui serviço de presença através do protocolo SIP, colaboração, mensageria e comunicação unificadas. Os serviços podem ser instalados no mesmo servidor que funciona o PABX ou em um servidor separado, dedicado para esta função.

Principais características:

  • Suporte a qualquer cliente de terceiros compatível com os padrões SIP e XMPP, permitindo que realizem chamadas, vídeo chamadas, chat, entre outras funções;
  • Suporte a um número ilimitado de usuários, dependendo apenas do correto dimensionamento dos servidores da solução;
  • Acesso simultâneo a um número ilimitado de usuários, dependendo apenas do correto dimensionamento dos servidores da solução;
  • Suporte a presença nos múltiplos dispositivos utilizado pelo usuário, utilizando número único e todas as regras e facilidades configuradas pelo usuário para o seu ramal;
  • Suporte a múltiplos status de presença, como por exemplo: Disponível, Ocupado, Ausente, Ao telefone, Não pertube, Indisponível para chamadas, Aparecer desligado, etc;
  • O status de presença dos usuários é representado por ícons com diferentes formatos e cores para cada status, além de popup de tela informando de mudança de status, nova chamada (incluindo exibição de nome e número do contato);
  • Possui plug-in de integração com Outlook com suporte a discagem por um clique, presença em tempo real do usuário dentro do próprio Outlook, iniciar um chat, discagem para sala de conferência, discagem para números de telefones exibidos em e-mails e calendário;
  • Possui botão específico para criação de salas de conferência através de um clique (selecionando os contatos desejados);
  • Permite a criação de grupos de chat permanente ou temporário;
  • Possui total integração com chamadas de áudio e vídeo usando protocolo SIP, permitindo iniciar uma áudio ou vídeo a partir de um chat inidividual ou em grupo. No caso do grupo, será iniciada uma conferência;
  • A presença do usuário é identificada através do status do aparelho IP (livre, tocando, ocupado, inativo, etc), softphone mobile ou desktop, permitindo ao usuário definir o status manualmente;
  • Total integração com o EASY Softphone e endpoints homologados pela Digivox, permitindo controlar o aparelho através do PC;
  • Permite configuração de período de inatividade, com mudança automática de status de presença e encaminhamento de chamadas para outros dispositivos do usuário ou ramais do sistema;
  • Suporte a visualização do status de presença dos demais usuários no EASY Softphone ou qualquer outro cliente de comunicação unificada com suporte a SIP ou XMPP;
  • Suporte a integração com serviço de diretório LDAP para consulta e importação de contatos;
  • Base de contatos e usuários centralizada e compartilhada com todos os dispositivos do usuário;
  • Mudança automática de status quando em chamada;
  • Integração com calendário para mudança de status de acordo com compromissos agendados;
  • Integração com os demais módulos da Plataforma EASY para envio de notificações aos clientes conectados no serviço de presença e comunicação unificada;
  • Possui suporte para que o usuário gerencie os seus múltiplos dispositivos, permitindo que o usuário defina a sequência que os dispositivos devem tocar, transbordo, encaminhamento para voicemail ou encaminhamento para um outro ramal do sistema;
  • Possui suporte a regras de roteamento de entrada de acordo com data e hora;
  • Configuração de privacidade com status seletivo por usuários da lista de contatos;
  • Possui suporte ao protocolo SMTP e IMAP4 para envio e recebimento de e-mails;
  • Suporte a XMPP e/ou SIP SIMPLE;

Dimensionamento de hardware

A Digivox realiza testes periódicos para o correto dimensionamento dos equipamentos necessários para cada projeto e solução a ser implantada. Clique aqui para baixar o documento de referência de dimensionamento de hardware e clique aqui para baixar o documento de referência para dimensionamento utilizando ambiente virtualizado com VMWare.